O que você precisa saber sobre Argentina 2×1 Chile pela Copa América

A Argentina ficou com o terceiro lugar da Copa América 2019. Neste sábado, a seleção bateu o Chile por 2 a 1 – gols de Aguero e Dybala, com Vidal descontando – e ficou com a posição pela quinta vez na história da competição. As outras vezes em que ficou com o bronze foi em 1919, 1956, 1963 e 1989. A partida contou ainda com as expulsões de Medel e Messi (feito raro). Saiba mais sobre o duelo:

Foto: divulgação

AGUERO, DYBALA E VIDAL

Aguero pela Argentina: 98 jogos, 41 gols e 16 assistências.
Dybala pela Argentina: 24 jogos, dois gols e quatro assistências.
Vidal pelo Chile: 107 jogos, 24 gols e nove assistências.

AGUERO O TERCEIRO

O atacante Aguero se tornou apenas o terceiro jogador argentino a marcar em oito ou mais partidas de Copa América, depois de Batistuta e Noberto Méndez – ambos marcaram em 10.

PELA SEGUNDA VEZ

Lionel Messi foi expulso apenas duas vezes na sua carreira como jogador. A primeira foi em sua estreia pela seleção da Argentina, em amistoso diante da Hungria – tudo em 135 partidas. O até então jovem foi expulso com somente 47 segundos em campo. Foi no dia 17 de agosto de 2005.

MESSI NA TEMPORADA

O gol de Aguero teve assistência de Messi. Nesta temporada (com Barcelona e Argentina), ele participou de 74 gols (54 tentos e 20 assistência), superando a temporada passada em que participou de 73 gols (52 gols e 21 assistências). Tudo isso com seis jogos a menos na atual (58 a 64).

ARGENTINA X CHILE

As seleções já se enfrentaram por 89 vezes. O balanço é: 60 vitórias da Argentina, seis empates e 23 vitórias do Chile. Contando somente Copa América: 20 triunfos argentinos, oito empates e nenhum triunfo chileno.

Em partidas oficiais, o Chile soma apenas uma vitória diante da Argentina: 1 a 0 em 2008 pelas Eliminatórias. No mais, 31 vitórias da Argentina e 11 empates.

Deixe um comentário