Curiosidades sobre os rivais do Brasil que ainda estão na Copa América

A Copa América 2019 está em sua penúltima fase. As semifinais começam nesta terça-feira e o primeiro duelo será entre Brasil x Argentina. Já na quarta-feira, Chile x Peru se enfrentam para saber quem será o segundo finalista. A grande decisão acontece no domingo.

Foto: Twitter Copa América

Curiosidades sobre os rivais do Brasil que ainda estão na Copa América:

PERU CHEGA APÓS FEITO INÉDITO

Pela primeira vez em toda a sua história, o Peru conseguiu vencer uma disputa de pênaltis. Anteriormente, nas outras duas ocasiões em que a seleção teve que jogar as penalidades na Copa América, perdeu: em 1999, quando caiu diante do México; e em 2016, quando perdeu para o Chile.

DEPOIS DE 44 ANOS

O Peru tenta chegar numa decisão de Copa América depois de 44 anos. A última foi em 1975. A seleção é bicampeã, tendo a outra conquista em 1939. Em edições mais recentes, como em 2011 e 2015, o Peru terminou em terceiro lugar.

CHILE BUSCA SER O SEGUNDO

O Chile é o atual bicampeão da Copa América. Venceu as últimas edições, 2015 e 2016. Caso vença esta, a seleção se tornará apenas a segunda a conquistar por três vezes seguidas a competição, depois da Argentina, que conseguiu o feito em 1945, 1946 e 1947.

NOVE CHILENOS BUSCAM O TRI

Do atual elenco que disputa a Copa América, nove chilenos estão em busca do tricampeonato: Alexis Sánchez, Arturo Vidal, Eduardo Vargas, Jean Beausejour, Mauricio Isla, Charles Aránguiz, Gary Medel, Gonzalo Jara e José Pedro Fuenzalida.

MESSI AQUÉM

O próprio Lionel Messi declarou que não faz uma Copa América como desejava. E os próprios números do jogador podem dizer isso. Quatro jogos, 360 minutos jogados, apenas um gol, nenhuma assistência, 2,5 finalizações por jogo, 3,3 dribles por partida e 2,8 faltas sofridas por duelo.

QUATRO REMANESCENTES

Dos 11 titulares que vão atuar no Mineirão na próxima terça-feira pela Argentina, apenas quatro são remanescentes do último jogo da seleção na última Copa do Mundo, quando caiu para a França nas oitavas de final: o goleiro Armani, o zagueiro Otamendi, o lateral Tagliafico e o atacante Lionel Messi.

Dos outros sete titulares na Rússia no duelo diante dos franceses, Di María estará no banco de reservas e Mercado, Rojo, Pérez, Banega, Mascherano e Pavón não foram convocados pelo técnico Lionel Scaloni.

5x NO MINEIRÃO

Lionel Messi vai para a sua quinta apresentação no Mineirão. É o estádio em que o jogador mais atuou pela seleção fora de seu país.

Deixe um comentário